Pular para o conteúdo principal

Postagens

Sugestão de leitura

A Revolução Cubana completa 60 anos

Por Frei Betto*
1º de janeiro de 2019, 60 anos da Revolução Cubana. Quem diria? Para a soberba dos serviços de inteligência dos EUA a ousadia dos barbudos de Sierra Maestra, ao livrar Cuba da esfera de domínio de Tio Sam, era um “mau exemplo” a ser o quanto antes apagado das páginas da história. A CIA mobilizou e treinou milhares de mercenários e Kennedy mandou-os invadir Cuba (1961). Foram vergonhosamente derrotados por um povo em armas. E, de quebra, a hostilidade da Casa Branca levou Cuba a se alinhar à União Soviética. O tiro saiu pela culatra. Mexer com Cuba passou a significar aquecer a Guerra Fria, como o demonstrou a crise dos mísseis (1962).
Tio Sam não botou as barbas de molho. Transformou cubanos exilados em Miami em terroristas que derrubaram aviões, explodiram bombas, promoveram sabotagens. E investiu uma fortuna para alcançar o mais espetacular objetivo terrorista: eliminar Fidel. Foram mais de 600 atentados. Todos fracassados. Fidel faleceu na cama, cercado pela família, …

Últimas postagens

Alinhamento à democracia genocida

O conluio contra a democracia

A crise capitalista que se arrasta

Dica cultural - o Brasil em franco retrocesso

Diferente de Getúlio, Lula entrou pra história sem precisar sair da vida

Retrato do Brasil

Carta ao general Braga Netto

A crise capitalista que se arrasta