quarta-feira, 11 de março de 2015

Destruindo a imagem

Por Jeferson Malaguti Soares *


A mídia quer destruir politicamente Lula, Dilma e os líderes do PT. Para tanto ataca a imagem dessas pessoas e quer transformá-las, de lideres de uma revolução social aplaudida mundialmente, em temíveis farsantes, bandidos, em verdadeiros Judas Iscariotes.

O nome de Dilma e Lula é prontamente invocado para explicar qualquer mal feito, acidente ou fracasso no Brasil, desde o preço dos tomates até os desvios na Petrobrás.

A imprensa fala da queda na popularidade de Dilma – que a imprensa mesma provocou com suas manchetes sofistas e fascistóides -, mas omite que Lula é aclamado pelo povo brasileiro como o melhor Presidente da República que tivemos, segundo alguns institutos de pesquisas. E mais: respeitado em todo o planeta.

A mídia bate incessantemente nos governos sociais de Lula e Dilma desde seu início, mas a campanha que lança contra Dilma - especialmente depois que o apaniguado dos conglomerados midiáticos, Aécio Neves, perdeu as eleições - é a mais violenta, prolongada e covarde que qualquer das anteriores. Seu lema é um categórico “morte à Dilma”. Os inimigos estão criando uma atmosfera que pode incentivar algum maluco a se lançar contra a Presidenta ou mesmo Lula. Há que se tomar muito cuidado.